Consequências de fatores genéticos e ambientais na doença de Parkinson

Sabe-se que as formas genéticas de Doença de Parkinson representam aproximadamente 5% dos episódios. Portanto, a vasta maioria é composta por casos esporádicos. Neste contexto, qual a importância da identificação de fatores de “risco” genéticos? Na prática clínica atual, qual o papel?  Essas são algumas questões abordadas com propriedade por Roberta Arb Saba Rodrigues Pinto,…