Notícias

Você está aqui:

Estudo avalia risco de lesão neurológica em pacientes com COVID grave


Um estudo publicado no Journal of Alzheimer’s & Dementia reportou que níveis elevados de biomarcadores associados à neurodegeneração e inflamação no sistema nervoso central em pacientes hospitalizados com COVID-19 estão associados a piores desfechos neurológicos e a risco aumentado de morte.

O artigo avaliou a presença de biomarcadores neurodegenerativos em pacientes hospitalizados com COVID-19 e a associação de novas doenças neurodegenerativas nos resultados clínicos.

A pesquisa incluiu 251 pacientes inscritos prospectivamente no estudo Study of Neurologic and Psychiatric Events in Acute COVID-19 (SNaP Acute COVID). Todos os 251 pacientes foram hospitalizados com COVID-19 e consentiram que os investigadores avaliassem seus bioespécimes séricos armazenados. A idade média dos pacientes foi de 71 anos e 63% eram do sexo masculino.

O estudo é o primeiro a incluir a avaliação da proteína tau-181 fosforilada, um biomarcador da doença de Alzheimer, em pacientes sem histórico prévio de problemas cognitivos na avaliação de pacientes com COVID-19, fornecendo informações sobre o potencial risco de lesão neurológica em pacientes com COVID grave.

Veja o estudo completo em: https://journals.lww.com/neurotodayonline/Fulltext/2022/02170/Hospitalized_Patients_with_COVID_19_at_Risk_of.6.aspx

Compartilhe
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on print
Notícias recentes
Próximos eventos
Nenhum evento encontrado!
Entre em contato
Cadastro

Cadastre-se e fique por dentro das novidades e eventos da ABNeuro

© Academia Brasileira de Neurologia