Otimismo cauteloso na recuperação de pacientes intubados com COVID-19

Os resultados de dois estudos prospectivos veiculados na Neurology Today mostram que, na ausência de lesão cerebral estrutural, os pacientes sedados e intubados durante a primeira onda da pandemia de COVID-19 se recuperaram e melhoraram. Eles só precisaram de cuidados clínicos e maior tempo para recuperação. Vale destacar, aliás, que as taxas de recuperação foram…