Notícias

Você está aqui:

Título de Especialista: importância para médicos e pacientes

O título de especialista da ABN é comprovação de que o médico está apto, acadêmica e cientificamente, para exercer a Neurologia. É conferido após prova/avaliação específica, sendo reconhecido pela Associação Médica Brasileira, AMB. Ele garante o reconhecimento oficial na especialidade, consagrando a integração do médico como membro da Academia Brasileira de Neurologia.

De acordo com Sonia Brucki, coordenadora da Comissão de Educação Médica da Academia Brasileira de Neurologia, é a mais relevante declaração de capacitação perante à sociedade e a seus pares.

“Não é apenas um certificado para enquadrar e colocar na parede, mas sim uma demonstração de que o neurologista foi bem formado, dedicou-se e submeteu-se a uma avaliação séria, comprometida com a qualidade, e está capacitado; daí ter recebido o título de especialista em Neurologia pela ABN”.

VANTAGENS

Assim, como plus, o titulado pode usufruir de benefícios que vão desde descontos em congressos, cursos e simpósios apoiados ou realizados pela ABN, Sociedade Portuguesa de Neurologia e outras associadas até o acesso a conteúdo informativo exclusivo pelo
Portal ABN. Ter o título, de forma geral, é ainda diferencial no currículo para processos seletivos em instituições públicas e até privadas, além de passagem para a seleção ao fellowship em instituições renomadas, além de ampliar as chances de acesso em processos a vagas de pós–graduação stricto sensu, como mestrados e doutorados.

PROVA

Atualmente, a prova é organizada em duas fases. A primeira, teórica, composta por 100 questões de múltipla escolha, divididas por temas e diferentes graus de dificuldade. Esta etapa é on-line, o que facilita para os candidatos que podem estar em qualquer região sem problema algum.

O candidato deve ter nota mínima de 6,0 para habilitação à próxima fase, que é composta por uma prova audiovisual (também on-line) e outra prática (presencial) em que é examinado por duplas formadas pelos membros da Comissão de Educação Médica, CEM, da ABN.

A prova é elaborada anualmente pelos membros da CEM, que discutem cada questão, ponderando dificuldades e dividindo-as entre as várias áreas do conhecimento neurológico. Além dos processos avaliativos mencionados, há a análise de currículo.

Válido saber que as fases têm pesos diferentes: 50% para a prova; 40% para a avaliação audiovisual e prática; e 10% para o currículo. Caso haja interesse na obtenção do Título de Especialista, o candidato poderá fazer sua inscrição pelo site oficial da ABN. É de extrema importância ler atentamente o edital e averiguar se preenche todos os critérios para a inscrição no processo.

Por fim, lembramos que o edital do concurso 2022 para Título de Especialista em Neurologia está disponível no portal abneuro.org.br Além das informações gerais sobre o processo, é possível conferir a pontuação no currículo de cada certificação e da participação em congressos, jornadas, simpósios, e cursos de atualização relativos à Neurologia ou às áreas de atuação, como os citados a seguir:
a) 0,50 ponto por evento organizado ou apoiado pela ABN no Brasil ou Congressos Internacionais de Neurologia apoiados pela World Federation of Neurology, American Academy of Neurology ou European Academy of Neurology.

b) 1 ponto para o Congresso Brasileiro de Neurologia.

Compartilhe
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on print
Notícias recentes
Próximos eventos
Nenhum evento encontrado!
Entre em contato
LGPD
Cadastro

Cadastre-se e fique por dentro das novidades e eventos da ABNeuro

© Academia Brasileira de Neurologia