Aulas
Prévias

icocbn.jpg
Untitled-1.fw.png
banner_digital 193X178.gif
abneuro.gif

Apoio:

HOME

INFORMAÇÕES

CONTATO

Rua Vergueiro, 1353, sl. 1404, 14ºandar;
Torre Norte Top Towers Office;
São Paulo/SP - Brasil CEP: 04101-000.

11 ) 5084-9463   -   11 ) 5083-3876
contato@abneuro.org

MÍDIAS SOCIAIS

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram

Copyright © Academia Brasileira de Neurologia 

Política de privacidade e uso de informações

ABN apresenta sugestões para Rol da ANS

Atualizado: 9 de Mai de 2019

A Academia Brasileira de Neurologia (ABN, por intermédio de seus Departamentos Científicos e da Comissão de Exercício Profissional, concluiu extenso trabalho de revisão e sugestão de inclusões de procedimentos no Rol da Agência Nacional de Saúde Suplementar, a ANS.


O Rol da ANS é obrigatório a todos os planos de saúde contratados a partir da entrada em vigor da Lei nº 9.656/98, os chamados planos novos, ou aqueles que foram adaptados à lei. Em tese, a Agência visa, com atualizações periódicas, garantir o acesso ao diagnóstico, tratamento e acompanhamento das doenças através de técnicas que possibilitem o melhor resultado em saúde, obedecendo a critérios científicos de segurança e eficiência comprovados.


A ABN fez um amplo estudo científico para embasar suas proposições. Houve dedicada participação dos DCs de Neuroimunologia, Dor, Neuromuscular, LCR, Cefaleia, Epilepsia, Neurofisiologia, Sono, Doença Cérebro Vascular, Doença Neurônio Motor, além dos membros da Comissão de Exercício Profissional e da Diretoria.


No processo, foram da maior relevância parcerias com as Sociedades de Sociedade Brasileira de Patologia Clínica, Cardiologia, Otorrinolaringologia, Pneumologia, Neurocirurgia, Pediatria, Psiquiatria, Pediatria e Medicina de Sono.


Em 4 de maio, ocorreu o protocolo formal das sugestões, veja abaixo, cumprindo rigorosamente o calendário proposto pela ANS.




Gilmar Prado, presidente, e Francisca Goreth Fantini, da CEP, destacam o empenho e competência, da força tarefa que executou a revisão de documentos, ratificando-os a tempo e com excelência para envio à consulta sobre o Rol. Confira a seguir as propostas: ​

1. Avaliação Neurológica Ampla 


2.Teste de punção lombar única ou repetida com avaliação clínica pré e pós coleta – (TAP TEST)


3. Testes Clínico e Teste Apneia na Morte Encefálica

4. Estimulação Magnética Transcraniana Repetitiva para Dor Crônica 

5. Vídeo-EEG contínua não invasiva - a cada 12 horas

6. Vídeo-EEG Invasivo com Eletrodos Intracranianos para o Tratamento Cirúrgico de Epilepsia Refratária

7. Implante de Monitor de Eventos (Looper Implantável)

8. Poligrafia com monitorização em vídeo, em todas as idades 

9. Tratamento profilático da Migranea Crônica, em adultos, com Toxina onabotulínica A 

10. Gestão de pacientes com apneia obstrutiva do sono elegíveis para tratamento com pressão positiva contínua em via aérea.

11. Monitorização contínua da insuficiência respiratória em pacientes com Esclerose Lateral Amiotrófica que necessitam de  assistência Ventilatória Não-Invasiva

12. Trombólise endovenosa medicamentosa  no tratamento de AVC-I

13. Monitorização dos dispositivos Neurofuncionais  

14. Tratamento da AME

15. Testes Genéticos / alteração de descrição de DUT

16. Anticorpos AntiI-HMG-COA Redutase (anti-HMGCoAR)

17. Anticorpos Anti Tiroquinase Músculo Específica (ANTI-MUSK)

18. Ocrevus - EMRR/Ocrelizumabe

19. Tecfidera/Fumarato de dimetila

20. Avonex/Betainterferona 1a

21. Tysabri/Natalizumabe

22. Lemtrada/Alemtuzumabe

23. Copaxone/Acetato de glatiâmer

24. Rebif/Betainterferona - 1a

25. Ocrevus-EMP/Ocrelizumabe

26.  Pesquisa anticorpo anti-HU (ANNA1)

27. Pesquisa anticorpo anti-YO (PCA1)

28. Pesquisa anticorpo anti-Receptor NMDA

29. Pesquisa anticorpo anti-Receptor AMPA

30. Pesquisa anticorpo anti-Receptor GABA B

31. Pesquisa anticorpo anti-LGI1

32. Pesquisa anticorpo anti-CASPR2

33. Pesquisa anticorpo anti-MOG

34. Pesquisa anticorpo anti-VGKC

35. Painel multiplex infeccioso no líquor - painel com até 25 agentes

36. Quantificação de proteina  beta amiloide-42, no LCR

37. Quantificação de proteína  TAU fosforilada, no LCR

38. Quantificação da proteína  TAU total no LCR

39. Quantificação de carga viral HIV-1 (HIV RNA) no líquido cefalorraquidiano (LCR)

40. Inclusão de Procedimento Detecção de anticorpo IgG anti-HTLV-1/2 no líquido cefalorraquidiano (LCR)

41. Teste Genético: 110.2 - Adrenoleucodistrodia

42. Teste Genético: 110.4- Ataxia de Friedreich

43. Teste Genético: 110.6- AME

44. Teste Genético: 110.8 – Complexo da Esclerose Tuberosa

45. Teste Genético: 110.12 - Distrofia Muscular de Duchenne/Becker 

46. Teste Genético:   110.13 - Doença de Huntington (DH)

47. Teste Genético: 110.11 - Distrofia Miotônica Tipos 1 e 2

48. Teste Genético: 110.3- Amiloidose Familiar -TTR

49. Teste Genético:110.36- Síndrome de Rett 

50. Teste Genético:  110.5 -Ataxias Espinocerebelares (SCA)

51. Teste Genético:  110.16 - Síndrome do X Frágil

209 visualizações