Impacto da vacina contra influenza nas taxas e gravidade de infecção por COVID-19



Fica o alerta de estudo conduzido por profissionais da escola de medicina da Universidade de Michigan em uma população de 27.201 pacientes e publicado há pouco, em fevereiro de 2021. Resumidamente, os resultados apontam que a vacina contra a gripe (indicado tomar a completa, que inclui a H1N1) demonstrou ter certa eficácia contra o novo coronavírus (diminuição de testes positivos para COVID-19 em pacientes que tomaram a vacina da gripe) e/ou diminuir a gravidade dos casos em pacientes que contraem COVID (menor necessidade de hospitalização ou ventilação mecânica e menos tempo de internação) tendo tomado a vacina da gripe.


Vacine-se contra gripe também! Mais uma imunidade para nos proteger e ajudar a conter a pandemia. Pode ainda ajudar aqueles que ainda não tomaram a vacina contra a COVID-19 e também complementar a imunidade para aqueles que já tomaram. Saiba mais em https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0196655321000894

42 visualizações