Mulher, neurologista, pioneira

Ana Lucila Moreira é a primeira especialista brasileira a ser convidada para coordenar um curso no congresso americano de neurofisiologia clínica



O crescimento da representatividade feminina na neurologia é cada vez mais notável. Como exemplo dessa busca pela igualdade de gênero dentro da especialidade está Ana Lucila Moreira, a primeira neurologista e neurofisiologista brasileira (e mulher) a ser convidada para coordenar um curso no Congresso Americano de Neurofisiologia Clínica (ACNS).


Com um vasto currículo, Ana é membro e presidente do Departamento Científico de Neurofisiologia Clínica da Academia Brasileira de Neurologia (ABN). Além disso, a médica coleciona os títulos de ex-presidente (2017-2019) da Sociedade Brasileira de Neurofisiologia Clínica (SBNC) e presidente do Special Interest Group de ENMG/US Neuromuscular do Capítulo Latinoamericano de Neurofisiologia Clínica.


O encontro anual da ACNS está marcado para acontecer entre os dias 5 e 9 de fevereiro, em Nova Orleans (Luisiana), nos Estados Unidos. A presença da especialista marca um grande passo para as mulheres dentro da neurologia brasileira.


Em 2019, a SBNC realizou um simpósio conjunto com a sociedade americana e Ana ministrou uma aula sobre Ultrassom do Plexo Braquial. “Após tomarem conhecimento a respeito do trabalho em desenvolvimento no Brasil sobre Ultrassom Neuromuscular, eles propuseram uma parceria e surgiu o convite para eu organizar o curso pré-congresso”, conta.


Além de ser coordenadora, ela ainda será responsável por três aulas no curso pré-congresso com o tema central “Ultrassom Neuromuscular”. O curso é prático, com sessão hands-on, e o objetivo é introduzir os participantes ao ultrassom de alta frequência como complemento da avaliação neurológica e neurofisiológica.


“O ultrassom permite a complementação do dado clínico e neurofisiológico com a imagem, ou seja, a anatomia da estrutura que está sendo avaliada. Na avaliação de compressões, trauma, tumores e de miopatias, entre outras aplicações, ele acrescenta informações que podem mudar a investigação diagnóstica ou a decisão terapêutica”, pontua.


Destinado a neurologistas, fisiatras e neurofisiologistas clínicos com interesse na área de Eletroneuromiografia, Ana acredita que o congresso é uma ótima oportunidade. “Não temos diferença de gênero quando o assunto é trabalho e dedicação. O reconhecimento do esforço é uma grande honra e sinal de que a diferença que existia antes já não é mais relevante”, finaliza.

87 visualizações

Aulas
Prévias

icocbn.jpg
Untitled-1.fw.png
banner_digital 193X178.gif
abneuro.gif

Apoio:

HOME

INFORMAÇÕES

CONTATO

Rua Vergueiro, 1353, sl. 1404, 14ºandar;
Torre Norte Top Towers Office;
São Paulo/SP - Brasil CEP: 04101-000.

contato@abneuro.org

MÍDIAS SOCIAIS

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram

Copyright © Academia Brasileira de Neurologia 

Política de privacidade e uso de informações