O impacto das redes sociais no desenvolvimento na infância

Meu relato é sobre a palestra “Impacto das redes sociais no desenvolvimento na infância”. O conferencista foi o dr. Marco Antônio Arruda, neurologista da infância e adolescência, mestre e doutor em neurologia pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto USP, membro titular da ABN e Diretor do Instituto Glia. O Dr. Marco Antonio iniciou a apresentação definindo o que é mídia social, ressaltando aspectos negativos como números de conteúdos pobres, influências negativas para crianças e adolescentes, exposição em demasia e invasão de privacidade.


No entanto, ressalta também certos aspectos positivos, como divulgação de conteúdos de saúde para crianças e adolescentes, intervenções para diagnósticos de TEA e Dislexia. Ainda comenta os efeitos negativos sobre o desenvolvimento neuropsicomotor, funções executivas, linguagem e interação parental, surgimento de transtornos mentais e anorexia, especialmente, agora durante a pandemia.


Recomenda que os pais e educadores vejam o propósito de as crianças entrarem nas mídias, acompanhando conteúdos, frequência e duração do uso, impacto e padrão de segurança. Não percam!


63 visualizações