Quando usar canabidiol no tratamento da epilepsia na infância

A palestrante Ana Carolina Coan, membro do Conselho Executivo da International Child Neurology Association – ICNA, foi uma das estrelas do quarto dia do XXIX Congresso Brasileiro. Ela tratou do mote “Quando usar canabidiol no tratamento da epilepsia na infância”, em mesa coordenada por Lygia Ohlweiler.


Objetiva, Ana Coan pontuou que o mecanismo de ação ainda não está claramente elucidado, não indicando interagir com receptores canabinoides; aparentemente há relação com a modulação do cálcio intracelular e a modulação da sinalização mediada por adenosina.


Respaldada em estudos desde 2015, sustentou a eficácia bem estabelecida do canabidiol para determinadas formas de epilepsia, na síndrome Dravet, no Lennox- Gastaut e na Esclerose tuberosa. Não existem evidências de benefício na Síndrome de West. Referiu-se ainda às apresentações do Canabidiol; algumas contêm concentrações altas de THC que podem ser mais acessíveis, no entanto, oferecendo maiores riscos de efeitos colaterais. Confira o vídeo.


49 visualizações